CRASTO SUPERIOR

VOLUME: 750ML

TIPO: TINTO

CASTAS
Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Souzão

Álcool - 13,5%
Acidez Total - 5,1 gr/L
pH - 3,61
Açúcar Residual - 1,8 gr/L
R$ 159,00
Calcule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região.
Informe seu CEP:

Não sei meu CEP

Descrição

Denominação de Origem
Douro

Ano Vinícola
O ano vitícola de 2016 foi um ano bastante complexo pelas condições climatéricas adversas. O Inverno foi extremamente generoso na quantidade de precipitação, tendo atingido níveis bastante superiores à
média dos últimos 30 anos, verificado-se ainda temperaturas superiores ao normal até ao final de Janeiro. O início da Primavera continuou chuvoso, mas as temperaturas desceram consideravelmente,
retardando assim o desenvolvimento das vinhas. No entanto, Julho e Agosto foram meses extremamente quentes e secos - as videiras apresentavam aspecto viçoso e no geral uma excelente área foliar, resultado
das excelentes reservas hídricas resultantes do chuvoso Inverno. Durante este período a maturação das uvas ocorreu de forma correcta mas lenta. Nos dias 24 e 25 de Agosto choveram na Quinta do Crasto 18
mm, uma chuva muito agradecida pelas videiras, que juntamente com o decréscimo de temperatura no início de Setembro, originou uma perfeita maturação das uvas. Iniciámos a vindima das uvas brancas no
dia 02 de Setembro, e as primeiras uvas tintas entraram no dia 05 de Setembro. As condições climatéricas durante a vindima continuaram muito favoráveis à correcta maturação da uva, o que nos permitiu
seleccionar com precisão o correcto momento de vindima para cada vinha ou casta em particular. Como resultado temos vinhos brancos, tintos e vinhos do porto que mostram excelentes cores, grande
projecção aromática e estruturas sérias, com grande equilíbrio e elegância. Uma vindima que pela sua complexidade, obrigou as equipas de enologia e viticultura a passarem muito tempo na vinha para tomarem as decisões mais importantes que originaram grandes vinhos.

Castas
Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Souzão

Vinificação
As uvas, provenientes da nossa Quinta da Cabreira, no Douro Superior, foram transportadas em caixas de
plástico alimentar e sujeitas a uma rigorosa triagem à entrada da adega. Após um desengace total e um
ligeiro esmagamento o mosto foi transferido para cubas de fermentação em aço inox com temperatura
controlada.

Envelhecimento
Crasto Superior estagiou em barricas de carvalho francês, onde permaneceu cerca de 12 meses.

Nota de Prova
De cor violeta carregado, destacam-se no nariz os aromas frescos de frutos silvestres do Douro, muito bem
integrados com suaves notas de especiaria. Inicia a prova de boca de forma harmoniosa, evoluindo para
um vinho de grande volume e estrutura compacta, composta por taninos de textura densa. Termina com
grande elegância, frescura e persistência.

Idade das Vinhas
15 anos

Temperatura de Consumo
16-18º

Exposição, Solo e Altitude
Nascente - Norte
130-450 metros

Sistematização
Vinha ao Alto;
Vinha em patamares de 1 e 2 bardos

Álcool
13,5%

Acidez Total: 5,1 gr/L

pH: 3,61
Açúcar Residual: 1,8 gr/L
Enólogo
Manuel Lobo